DAY ONE (DO RESTO DA VIDA)

Processed with VSCO with f2 preset

vai haver dias bons

Processed with VSCO with f2 preset

vai haver dias maus

Primeiro dia de aulas. 1980. 8 da manhã. Cabelo corte à tigela. Calças azuis escuras, camisa azul clara e gravata. Sapato de tap dancer. Não fosse eu ser chamado para mostrar o meu melhor Fred Astaire. A minha mãe leva-me à escola. Uma escola que ia do 1º ano ao 9º. Ali fico a posar para a foto da praxe. Lancheira de metal na mão. Lá dentro não me lembro, mas deviam estar uma sandes de mortadela, um leite, e umas bolachas Chips Ahoy. Calma health freaks, eram os anos 80. O meu primeiro dia na 1ª Classe. Estava longe de imaginar que ali começava a minha caminhada escolar onde aprenderia algumas das coisas mais importantes na minha vida. Como por exemplo, centrar bem o papel higiénico na mão antes de começar a limpar o rabo. Ou como nunca me deixar intimidar por um ou uma bully. Ou como não comer o lanche do colega se a maionese cheirar mal. Ou como não embeiçar pela miúda mais popular, porque é sempre a mais convencida e é garantido que vai crescer e tornar-se uma sopeira. E ainda mais algumas coisas.

A primária (ou o 1º Ciclo, como os modernos gostam de chamar) é provavelmente a fase escolar mais dura das nossas vidas. Um gajo vem de brincar e pular o dia todo como se não houvesse amanhã, de sestas brutais a seguir ao almoço, de ter gente que nos ata os sapatos enquanto ali ficamos altivos de mãos à cintura como donos do mundo e a pingar do nariz pra cima da nuca do pobre coitado ou coitada, e de repente, passamos a estar sentados quase o dia todo, a ter de pôr a mão no ar para falar, a pôr a nossa própria comida numa bandeja e a procurar um lugar no refeitório como na penitenciária de San Quentin.

Com um bocado de sorte, conhecemos alguém já lá na escola e a cena corre melhor. Na pior das hipóteses, a única pessoa que conhecemos é o bully e não é pelos abraços que ele dá. Se a sorte estiver mesmo do nosso lado, temos uma daquelas professoras que são como a nossa Tia Maria, queridas e preocupadas. Tão fixes que ainda hoje com 4o anos lhes chamamos professora quando a encontramos na rua. Se tivermos azar, apanhamos um daqueles ou daquelas amargurados que ganham uma merda e foram colocados a não-sei-quantos-kms de casa num sítio onde não conhecem  ninguém e por isso têm pouca paciência para 20 minions que não sabem bem ao que vieram. É duro.

Por isso, quando fui buscar o meu filho à escola e lhe perguntei como é que tinha corrido, bem, mal ou médio, e ele respondeu “muitíssimo”, respirei de alívio. Sei que não vai ser sempre assim. Vai haver dias que o bully lhe vai estragar a manhã. E a camisola. Vai haver dias que aquele empadão instantâneo não vai cair bem. Que a única coisa que vai cair bem é a cara no chão. Vai haver dias de orgulho ferido e mãos esfoladas, de autocolantes vermelhos e recados no caderno diário. Mas vai haver também muita coisa boa. Amigos para a vida. Golos memoráveis. Chegadas à meta em primeiro. 100 por centos. “Satsifazes muitos”. E pais orgulhosos. É assim. Good days e bad days.

Para já começou bem. Começar mal logo na partida ninguém quer. Mas mesmo que aconteça começar mal nalguma coisa na vida, é lembrar que o Usain Bolt começa sempre mal na partida. E leva sempre a medalha. Enquanto que o bully dele está em casa dos pais alapado no sofá a enfardar Doritos com cerveja a vê-lo na TV em cima do pódio de braços no ar, medalha d’ouro ao peito, com a bandeira da Jamaica às costas. That’s life.

Anúncios

2 thoughts on “DAY ONE (DO RESTO DA VIDA)

  1. Simplesmente magnífico!!!
    Nada acrescento pois sinto e acredito no mesmo!
    Por cá também tem sido muito bom, a Mãe essa chorou baba e ranho a precisar de quem lhe limpasse o nariz e a dar-lhe um abraço, mas ele no final do dia traz aquele sorriso no rosto a correr pra mim e fica tudo bem!!
    Beijinhos
    Rosario

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s