PAUSE & REWIND.

read in english

O tempo passa. Passa depressa. Quando paramos para olhar os nossos filhos, é nessa altura normalmente que nos bate. É comum ouvir-se isso. E porra como é verdade. Parei para ver os vídeos que vou gravando do meu filho. Quando estava a editar um simples apanhado das sessões de skate deste ano, carreguei em pause. Fiquei ali a olhar. Para ele em cima do skate. Focado e determinado a descer uma rampa 3 vezes o tamanho dele. Fiquei a olhar. E a minha cabeça fez rewind até ao dia em que o vi pela primeira vez. Pequeno como os prematuros sabem ser. Lembrei-me dele a dormir numa incubadora com tubos por todo o lado. Lembrei-me de muita coisa que aconteceu pelo caminho. E que teimava em tentar deitar-nos abaixo. Mas prevaleceu a força e a determinação deste miúdo. Que eu nos dias que estou com os azeites chamo de mau-feitio e teimosia. Mas é força e determinação mesmo. És grande filho. E eu sou teu fã.

 

 

________________________________________________________________

Time flies. It  flies by fast. When you stop to look at your kids, that’s when it really hits you. It’s commonplace to hear that. And damn, how it’s true. I took some time the other day to watch some video clips I recorded of my son. I was editing a handful of video clips of this year’s skate sessions, when I pressed pause. I just sat there looking at the screen. Looking at him on his skateboard. Focused and committed, dropping down a ramp 3 times his size. I just sat there looking. And my head just started to rewind to the day I first saw him. So tiny, like prematures can be. I remember him sleeping in an incubator with wires and tubes everywhere. I remember lots that happened along the way. The thrills and the spills. All the shit that insisted in bringing us down. But this kid’s strength and determination prevailed. On bad days, I call it stubbornness and bad temperament. But it’s really strength and determination. You are a giant, son. And I’m your fan.

{scroll up to watch video}

Anúncios